Patrocínio

Promoção

Assuntos

Enem 2009: Ministro anuncia em cadeia de rádio e televisão adiamento do Enem



Em pronunciamento em rede de rádio e televisão, nesta quinta-feira, 1º de outubro, o ministro da Educação, Fernando Haddad, comunicou ao país o adiamento do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Segundo o ministro, a decisão de adiar o Enem foi motivada pela denúncia de que uma prova impressa foi oferecida para publicação em um jornal de circulação nacional, na noite de quarta-feira, dia 30 de setembro.

Enquanto o MEC prepara outra prova e a Polícia Federal investiga o roubo, Haddad sugeriu aos estudantes que aproveitem o tempo para aprimorar os estudos. Anunciou, ainda, que o Ministério da Educação e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep) colocaram em seus portais eletrônicos a prova descartada para uso em simulados.

Assessoria de Comunicação Social do MEC


Assista ao video do pronunciamento.

Confira as provas do Enem:


Prova do Enem: Ministério da
Educação disponibiliza as provas do Enem que vazaram


O Ministério da Educação (MEC) disponibilizou as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2009, que foi cancelado nesta quinta-feira (1º) após suspeita de vazamento.


A decisão de adiar a prova foi tomada pelo ministro da Educação, Fernando Haddad, na madrugada desta quinta, depois de tomar conhecimento de denúncia feita pelo jornal “O Estado de São Paulo”.

O jornal “O Estado de São Paulo” revelou que foi procurado por um homem que disse ter as duas provas que seriam aplicadas no sábado (3) e no domingo (4), e que queria vender o material por R$ 500 mil.

Em nota, o MEC informou nesta quinta que "já tomou providências" junto à Polícia Federal e ao Ministério da Justiça para apurar quem vazou a prova".

Cerca de 4,1 milhões de candidatos participaram do exame. A expectativa do MEC é realizar a próxima prova em até 45 dias. Segundo nota divulgada pelo Inep nesta quinta, já há uma segunda prova preparada, que pode ser aplicada quando a nova data do exame for definida.

De acordo com o MEC, os alunos serão informados pelo correio, pelo celular e pela internet quando a nova data e os locais forem confirmados. Ainda segundo o MEC, em razão do adiamento, o resultado final das provas, inicialmente previsto para o dia 8 de janeiro, deve atrasar em cerca de um mês.


Home - Loja Online - Artigos - Gospel - Infomática - Linux - Contato - Login