Patrocínio

Promoção

Assuntos


O Ubuntu

O Ubuntu é um sistema operacional baseado em Linux desenvolvido pela comunidade e é perfeito para notebooks, desktops e servidores. Ele contém todos os aplicativos que você precisa - um navegador web, programas de apresentação, edição de texto, planilha eletrônica, comunicador instantâneo e muito mais.
O Ubuntu é a distribuição Linux mais utilizada em computadores pessoais (desktop e notebook).
É patrocinado pela Canonical Ltd (dirigida por Mark Shuttleworth) e o seu nome deriva do conceito sul africano Ubuntu - diretamente traduzido como "humanidade para com os outros". A proposta do Ubuntu é oferecer um sistema operacional onde qualquer pessoa possa utilizá-lo, sem dificuldades, independente de nacionalidade, nível de conhecimento ou limitações físicas. A distribuição deve ser constituída totalmente de software gratuito e livre, além de isenta de qualquer taxa.
Ubuntu (pronuncia-se /ùbúntú/ - u-BÚN-tu) é uma ética ou ideologia da África do Sul que foca nas alianças e relacionamento das pessoas umas com as outras. A palavra vem das línguas Zulu e Xhosa. Ubuntu é tido como um conceito tradicional africano. "Uma pessoa com ubuntu está aberta e disponível aos outros, não-preocupada em julgar os outros como bons ou maus, e tem consciência de que faz parte de algo maior e que é tão diminuída quanto seus semelhantes que são diminuídos ou humilhados, torturados ou oprimidos." -- Arcebispo Desmond Tutu em Sem Futuro Sem Perdão (No Future Without Forgiveness).

Facilidade de Uso
O Ubuntu Linux utiliza o ambiente gráfico de desktop Gnome, que é intuitivo e atraente para usuários finais.
Para o usuário de computador, o maior medo de migrar para o Linux é o de não encontrar programas equivalentes aos programas proprietários que ele usa, ou de esses programas serem bem mais difíceis de usar. Quanto ao fato de serem mais difíceis, pode-se afirmar com segurança que isso se trata de um mito. O que acontece é que muitas vezes estamos acostumados com os conceitos usados pelos programas proprietárias e podemos, a uma primeira vista, achar um pouco estranho o conceito das alternativas livres. Porém, não podemos dizer que um seja mais difícil que o outro. É tudo uma questão de nos familiarizarmos com cada um dos modelos. Pessoas que usam Software Livre há um bom tempo com certeza acham os conceitos dos Softwares Proprietários muito mais confusos.
O Linux
O Linux é um sistema operacional composto do GNU/Linux (kernel, ou núcleo) e mais uma série de aplicativos e configurações com vários propósitos. O Linux adota a licença GPL, que é uma licença livre, e permite que todos possam usá-lo e redistribuí-lo livremente.
Cada distribuição Linux tem o seu propósito. Podem ser feitas especificamente para computadores pessoais (desktops e notebooks), mini notebooks, servidores de redes, servidores de aplicações, supercomputadores em cluster, servidores de banco de dados, pdas, telefones celulares e outros. Hoje em dia, um usuário experiente é capaz de customizar qualquer distribuição, ou até montar sua própria distribuição, adicionando as funcionalidades que desejar.
Home - Loja Online - Artigos - Gospel - Infomática - Linux - Contato - Login